31 de outubro de 2013

Imprensa revela trama de Sarney para sabotar PT e Macaxeira

Reportagem de ontem (30) do jornal O Estado de São Paulo revelou o grande plano montado pela oligarquia Sarney para impedir que o Partido dos Trabalhadores assuma o Palácio dos Leões a partir de abril, quando a governadora Roseana Sarney deixa o cargo para disputar o Senado.
De acordo com a publicação, o plano deve ser colocado em prática em retaliação ao PT, por causa da decisão da presidente Dilma Rousseff de apoiar a candidatura de Flávio Dino (PC do B) ao governo.
Segundo a publicação, o clã pretende indicar o atual vice-governador Washington Luís (PT) para o Tribunal de Contas do Estado, tirando ele da linha sucessória do governo e fazendo com que o secretário de Infraestrutura do Estado, Luís Fernando Silva, assuma o governo para disputar, no cargo, à reeleição em 2014.
“Depois de indicar Washington Luís para o cargo vitalício de conselheiro do TCE, o presidente da Assembleia, Arnaldo Melo (PMDB), aliado da família, assumiria o cargo de governador. Como teria de ficar mais de quatro meses no posto – entre a renúncia de Roseana e o fim do mandato são nove meses -, seria obrigado a convocar eleições indiretas para governador. Como os Sarney têm maioria no Legislativo, Luís Fernando Silva seria eleito pelos deputados”, diz o jornal.
Há quem garanta que o plano está em execução, mas Washington Luís diz a aliados que não tem interesse algum na vaga de conselheiro do TCE, e utiliza a possibilidade de assumir o Palácio dos Leões no ano que vem como o grande trunfo para assegurar a vitória nas eleições internas do PT.
Por: Leandro Miranda

Herói do Sampaio fala ao Globo Esporte da pobreza do Maranhão

Do blog do Garrone
Em entrevista ao Globo Esporte, o goleiro do Sampaio, Rodrigo Ramos demonstrou que é um paredão dentro de campo e um cidadão de consciência acerca dos problemas sociais do Maranhão.
Ao programa da Rede Globo, em cadeia nacional, Ramos lamentou a pobreza do estado e disse que somente um acesso como o do Sampaio pode dar alegria ao povo.
Habituado a evitar gols adversários, o goleiro do Sampaio agora marcou um de placa.
A frase do dia:
O Maranhão é um estado com índices de pobreza muito grande e somente um acesso como esse pode dar alegria aquele povo maranhense”.

Rodrigo Ramos, goleiro do Sampaio, em entrevista ao Globo Esporte edição nacional.

Luís Fernando inicia campanha antecipada na internet

Por: Leandro Miranda.
Em intensa campanha eleitoral antecipada pelo estado – distribuindo escavadeiras do Governo Federal, sementes, ração de peixe, ônibus escolares, ambulâncias e etc… – o pré-candidato da oligarquia, Luís Fernando Silva (PMDB), resolveu apostar na ilegalidade também na internet e lançou, no último dia 14, a fan-page Luís Fernando Governador – o que pode ser considerada campanha eleitoral antecipada.

Luis Fernando Silva e a governadora Roseana Sarney (PMDB) já respondem a diversas ações por se utilizarem da estrutura do estado a fim de promoverem campanha eleitoral antecipada. Na última quarta (23), por exemplo, quatro deputados estaduais protocolaram mais um pedido de investigação no Ministério Público do Maranhão.

Em Brasília, os deputados Simplício Araújo (SDD), Domingos Dutra (SDD) e Weverton Rocha (PDT) denunciaram o abuso na Câmara Federal e anunciaram que vão protocolar mais um pedido de investigação nos órgãos públicos federais.


Na semana passada, em Imperatriz, Luís Fernando se aproveitou da cerimônia de entrega de 54 máquinas retroescavadeiras para fazer politicagem. O episódio foi denunciado pelo vereador da cidade, Rildo Amaral (SDD). O parlamentar também confirmou que foi assediado a semana inteira pelo Palácio dos Leões para comparecer ao evento com o único objetivo de prestigiar o “doutor Luís Fernando”.

30 de outubro de 2013

Ônibus escolar da Prefeitura de Pinheiro é usado para passeio, regado a Whisky e a Cerveja.

Foto: Jgmoreira Moreira
Um ônibus escolar, oriundo de convênio entre a prefeitura de Pinheiro e o   Ministério da Educação através do programa “Caminhos da Escola”, foi utilizado para uma farra no final de semana regado a Whisky, churrasco e cerveja.A festança também, segundo a denuncia, foi patrocinada com dinheiro público.

O interessante é que a prefeitura não tem dinheiro para equipar hospitais, comprar medicamentos, recuperar estradas, fazer aquisição de merenda escola e etc.. Mas tem dinheiro para por gasolina para motoristas fariarem.  

A festa começou das 10:30h e os festeiros ainda chegaram a registrar ponto. 

Os servidores afirmaram, na denuncia, que diversas festas já foram realizadas utilizando o bem público e tendo a população como  patrocinadores.

Péssimo exemplo dado pela Prefeitura Municipal de Pinheiro, administrada pelo prefeito Filuca Mendes(PMDB).

Informações retiradas da denuncia feita pelo Facebook Cidade de Pinheiro. 

Vejam aqui: 

Pinheiro-MA: Feira do Município pede socorro.

Por: Claudiane Martins Lobato (Presidente da Central Estudantil Pinheirense)
 A Prefeitura Municipal de Pinheiro ainda cobra taxa com barracas em péssimas condições ?

Alguns anos atrás quando se anunciou a reforma da Feira Municipal, os feirantes receberam a notícia e com ela a esperança de dias melhores na feira do município, pois o local já tinha a necessidade de melhorias e as administrações anteriores não lutaram se quer pra conveniar reforma da Feira Municipal.

Pois é, anos e anos se passaram e a reforma nunca passou de promessas, mas falando em promessas,as promessas da obra ou reforma andam a passos do bicho preguiça e não sai da mesmice, e os problemas continuam no local, urubus tomam conta da feira e ruas,o que aparecem em grande quantidade por causa da falta de higiene no local, alimentos vendidos em péssimas condições em sua exposição, e as barracas que já foram tema de campanhas eleitorais foram esquecidas e o que não se esqueceu foi à cobrança da taxa pelo uso do espaço publico por parte da prefeitura, que mesmo nas condições que se encontram as barracas “velhas e caindo aos pedaços”, os barraqueiros são obrigados a pagar pelo uso, daquilo que eles mesmos dão a manutenção. Problemas antigos, promessas antigas e esquecimento novo!

Folha diz que candidato do grupo Sarney está indefinido e que Flávio Dino poderá ter apoio de três presidenciáveis

Em reportagem publicada na edição de hoje, a Folha de São Paulo avalia que Flávio Dino (PCdoB) pode ter apoio de pelo menos três presidenciáveis na disputa pelo Governo do Maranhão: Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

O jornal também destaca a pressão que o grupo Sarney tem feito para não perder o apoio do PT no Maranhão e classifica a candidatura de Luís Fernando Silva (PMDB) como indefinida.

Há duas semanas, a imprensa do país inteiro deu detalhes de uma reunião em que os coordenadores de campanha pela reeleição de Dilma destacaram a necessidade de um forte palanque para a presidente no estado, o que torna insustentável manutenção da aliança com o grupo do senador José Sarney, cada vez mais enfraquecido no Maranhão, e fortalece a hipótese de apoio a Dino, preferido nas pesquisas de intenções de voto.

De acordo com Folha, “no Maranhão, estado de tamanho intermediário do Nordeste, os três presidenciáveis ensaiam apoio ao nome de Flávio Dino, que lidera as pesquisas e que está hoje no governo federal, presidindo a Embratur. Mas a família Sarney pressiona a presidente Dilma a ficar com o candidato do clã, ainda indefinido. Nos outros cinco Estados Dilma também já tem perspectivas de palanques, mas em Sergipe pode dividi-lo com Campos”.

A matéria destaca a vantagem da presidente Dilma Rousseff (PT) em relação aos adversários no que diz respeito a montagem de palanques na região Nordeste, reduto eleitoral de Eduardo Campos (PSB).

Com informações do Blog do Garrone

Clã Sarney tem plano para evitar que PT leve o Maranhão.

O grupo político do senador José Sarney (PMDB) tentará impedir que o PT ocupe o governo do Maranhão a partir de abril, quando sua filha, Roseana, deixa o cargo para disputar o Senado. O plano deve ser colocado em prática caso a direção nacional do partido da presidente Dilma Rousseff confirme apoio à candidatura de Flávio Dino (PC do B) ao governo, desfazendo assim a aliança com a família.

O clã Sarney pretende indicar o atual vice-governador Washington Luís (PT) para o Tribunal de Contas do Estado, tirando-o assim da linha sucessória do governo. Pela “engenharia” dos atuais mandatários, o secretário de Infraestrutura do Estado, Luís Fernando Silva, assumiria o governo e concorreria, no cargo, à reeleição em 2014 com o apoio dos Sarney contra Dino.

Isso ocorreria da seguinte forma: depois de indicar Washington Luís para o cargo vitalício de conselheiro do TCE, o presidente da Assembleia, Arnaldo Melo (PMDB), aliado da família, assumiria o cargo de governador. Como teria de ficar mais de quatro meses no posto – entre a renúncia de Roseana e o fim do mandato são nove meses -, seria obrigado a convocar eleições indiretas para governador. Como os Sarney têm maioria no Legislativo, Luís Fernando Silva seria eleito pelos deputados.

Um aliado da família diz que o plano está no início e que as conversas dependem de concordância dos envolvidos. Oficialmente, aliados do governo dizem que “não estão discutindo” o assunto, apesar da vaga aberta no tribunal com a aposentadoria do conselheiro Yêdo Lobão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

29 de outubro de 2013

Oposição mantém governadora sob vigilância para evitar uso da máquina na campanha.

A oposição deve ficar bastante vigilante para evitar que a governadora use a estrutura do estado para tentar equilibrar uma disputa fracamente desfavorável ao seu candidato ao governo em 2014. As declarações do líder do governo, deputado César Pires, de que quem detém o poder no Maranhão detém votos, deve ser interpretada como alerta do que pode vir pela frente.

Roseana já deu demonstração do que é capaz para enganar incautos. Para ela os fins justificam os meios e fim de papo. Bastou o Sampaio Correa conseguir o acesso para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro e logo a governadora apareceu vestida com uma camisa pirata da “Bolívia Querida”, na maior cara dura, dizendo que apoia o futebol maranhense. Quanta de falta de vergonha e cinismo.

A oposição reforçou denúncia eleitoral contra a governadora Roseana Sarney e o pré-candidato a governador do PMDB e secretário de Infraestrutura do Estado, Luís Fernando Silva, por antecipação de campanha semana passada, mas a medida ainda é pouco diante do que pretende a governadora para tentar fazer decolar a candidatura do “picolé de Chuchu”.

O bloco de oposição vem mantendo a governadora sob vigilância, pois conhece a principal especialidade do grupo Sarney: mentir e assaltar cofre público, principalmente em época de campanha eleitoral, mas todo cuidado é pouco. Em 1994, na reta final da eleição, sem ter como reverter a eminente derrota de Roseana, o próprio senador José Sarney foi à TV Mirante mentir que o senador Epitácio Cafeteira havia sequestrado, matado e ocultado o cadáver do funcionário da Companhia Vale do Rio Doce, Anacleto Reis Pacheco, que havia se envolvido num acidente de trânsito em que faleceu o sogro de Cafeteira, vereador Hilton Rodrigues.

O tempo passou, Cafeteira perdeu a memória, esqueceu que lhe tomaram a eleição e se mudou para o grupo Sarney em troca de um mandato de senador em 2006, já no final de sua trajetória política, mas a  governadora continuou utilizando os mesmos métodos, as mesmas práticas, cometendo os mesmos abusos.

Só restou aos deputados Marcelo Tavares, Bira do Pindaré, Othelino Neto e Rubens Jr. apresentar um aditamento da representação ao procurador Regional Eleitoral, com novos fatos e novas condutas que caracterizam a campanha antecipada.

A oposição precisa apertar a fiscalização ainda mais, a final trata-se de uma governante com todos os vícios do pai, um velho oligarca que tenta manter-se nas tetas do poder a qualquer custo, nem que para isso passe por cima de tudo que é lei ou regra de civilidade. Sabe que na hora que perder o poder, a Polícia Federal estará com um par de algemas esperando pelo filho Fernando, por conta dos seus negócios não republicanos.


Flávio Dino deve abrir o olho e ficar atento aos movimentos do velho oligarca e de sua filha Roseana. 

Quem teve a coragem de inventar a história do falso sequestro, assassinato e ocultação de cadáver de Reis Pacheco e espalhar pelo Maranhão inteiro que Cafeteira era assassino é capaz de qualquer coisa para não perder eleição. Eles perderam em 1994, mas o TRE tratou de entregar o mandato a Roseana, na maior fraude que se teve notícia na história política do Maranhão.

Imagem do dia: No Twitter, perfil do Sampaio Corrêa chama Roseana Sarney de oportunista

Causou muita polêmica nas redes sociais a foto em que Roseana Sarney aparece vestida com uma camisa falsificada do Sampaio Corrêa. Milhares de internautas e torcedores condenaram a postura da chefe do executivo estadual, que aproveitou para se promover em cima da conquista do time, classificado para a série B do Brasileirão após vencer o Macaé no Rio de Janeiro. No Twitter, uma das contas do clube também se manifestou, repreendendo a governadora pelo ato de oportunismo.Com imagem do Blog John Cutrim.

28 de outubro de 2013

Foto-Fofoca: Roseana usa camisa pirata do Sampaio Corrêa

Em foto publicada na coluna do Pergentino Holanda, ontem, no jornal O Estado do Maranhão, Roseana Sarney aparece com uma camisa falsificada do Sampaio Corrêa em comemoração à classificação do time na Série B do Campeonato Brasileiro.

Detalhes do material e do acabamento entregam que o uniforme usado pela governadora é pirata e muito provavelmente foi adquirido em algum ambulante da Praça Deodoro.
A foto soa tão falsa quanto a nota oportunista enviada pelo governo do Maranhão, no último sábado, comemorando a vitória do time maranhense.
Se Roseana não sabe, pirataria é crime, e o comprador também pode receber penas que variam de multa a detenção.

Por: Leandro Miranda. 

Roseana mantém silêncio sobre denúncias de corrupção

Leandro Miranda-Marrapá
A governadora Roseana Sarney (PMDB) parece decidida a passar por cima das dezenas de denúncias de corrupção relacionadas a seu governo. Ela até hoje não se pronunciou sobre as suspeitas de irregularidades nos 105 convênios firmados entre a Sedes (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social) e diversas associações suspeitas para a execução de ações de combate à pobreza no Maranhão.
Passados quatros meses desde que estourou a primeira denúncia de convênio fantasma na Sedes, em que a Associação Vera Macieira foi acusada de receber quase R$ 5 milhões para realizar melhorias em um povoado inexistente, o titular da pasta, Fernando Fialho, permanece intacto no cargo e o inquérito aberto pelo Ministério Público Estadual para investigar o caso permanece parado na gaveta da procuradora Regina Rocha – que por sinal é parente de um dos secretários da governadora.
Despudorada, Roseana também deu um jeitinho de continuar bancando os aliados que perderam as eleições de 2008 e 2010. Dias após a extinção do “Bolsa Eleição”, que bancava 206 aliados derrotados com bolsas de mais de R$ 5 mil, a governadora nomeou a maioria deles em cargos comissionados no Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (INMEQ).
Contrariando até uma lei estadual de combate à corrupção, sancionada por ela mesmo em Agosto, que proíbe a nomeação para cargos públicos de pessoas consideradas fichas suja, a filha de José Sarney nomeou o ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer (PMDB), para o cargo de Secretário de Articulação Política do Estado.
As contas de Archer à frente da Prefeitura de Codó foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Câmara de Vereadores de Codó. O ex-prefeito é alvo de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.
A chefe do executivo estadual, que no início do atual mandato afirmou que não aceitaria qualquer ato de ilegalidade na sua gestão, parece alheia aos deslizes éticos do seu pupilo e pretenso sucessor, que tem usado e abusado da máquina estadual a fim de se credenciar para a disputa pelo Palácio dos Leões.

Investigado pelo Ministério Público Federal por desvio de verbas e gestão fraudulenta durante a sua gestão em São José de Ribamar, Luís Fernando Silva já foi flagrado enquanto tentava negociar o repasse de recursos estaduais em troca de apoio político na cidade de Santa Rita e, na semana passada, foi denunciado por um vereador de Imperatriz por tentar constranger a Câmara de Vereadores da cidade a participar de um ato eleitoreiro para a divulgação da sua candidatura, se aproveitando entrega de 54 retroescavadeiras doadas pelo Governo Federal.

Charge eletrônica: Dilma se pronuncia sobre acusações infundadas de site apócrifo

Por Leandro Miranda.

“Quem detém o poder, detém votos”, afirma líder do governo Roseana.

Com experiência de várias eleições e um dos aliados mais antigos do grupo político da governadora Roseana Sarney(PMDB), o deputado estadual César Pires (DEM) afirmou em entrevista ao site Último Segundo que observa com moderação o cenário de 2014, com as pesquisas de intenção de voto apontando a liderança do atual presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB) com ampla vantagem sobre o pré-candidato do Palácio dos Leões, Luís Fernando Silva, secretário de Infraestrutura.
Na avaliação de César Pires, é preciso adotar uma postura mais realista em relação a 2014, mas o fato do comando do governo do Estado seguir nas mãos do grupo Sarney,  alimenta expectativas de que as urnas sacramentem uma vitória do candidato do Palácio dos Leões em 2014. “O grupo vê (as eleições de 2014) com um otimismo que me assusta. Eu vejo com moderação. Mas a história mostra que quem detém o poder, detém votos”, disse César Pires.

A matéria publicada no site Último Segundo trata da crise enfrentada pelo grupo Sarney para conseguir construir um nome consistente na disputa para as eleições de 2014. Até o momento, o secretario Estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, não consegue decolar nas pesquisas, apesar de ter constantes aparições em eventos do governo do Estado, inclusive os que não são ligados á área que ele atua.
Com a perspectiva de um cenário desfavorável em 2014, César Pires abraça-se a perspectiva alimentada dentro do grupo político da governadora Roseana Sarney de que o comando do governo do Estado e o controle da máquina administrativa pode se tornar um trunfo decisivo em 2014.
Deputados de oposição alertam para o abuso de poder e o uso da máquina administrativa em favor de Luís Fernando Silva e apontam a turbinada no orçamento da Secretaria de Infraestrutura em 2014 como indicador deste tipo de prática e prometem fiscalização rigorosa, além de protocolarem denúncias no Ministério Público Eleitoral a respeito deste assunto.
Mas há exceções nessa regra, em Pinheiro o prefeito estava no poder mas perdeu o mandato, por causa  da sua  péssima administração , a mesma coisa pode acontecer no Governo Sarneysista que também está fazendo uma péssima administração a mais de cinco décadas e continua deixando o nosso estado ir de mal a pior.  

Rebelião em Pinheiro: Descaso na segurança no "Melhor Governo da vida de Roseana Sarney".

Há dois anos aconteceu uma rebelião na regional da cidade de Pinheiro, onde cinco detentos foram mortos, entre as vítimas estava o lavrador José Agostinho Bispo Pereira, o "Monstro do Maranhão", de 55 anos, que havia sido preso em junho de 2010 por abusar sexualmente da filha de 28 anos, com quem teve sete filhos, e de mantê-la presa por 16 anos.

 Ontem (27) aconteceu uma rebelião na regional de Pinheiro, como da ultima vez, alguns dias depois da rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que deixou nove detentos mortos e 20 feridos, onde a governadora Roseana Sarney decretou estado de calamidade no Maranhão, solicitando até o apoio das tropas Nacionais.

A rebelião em Pinheiro aconteceu por volta das 21:00h e durou uma hora, acabando com a chegada do GOE(Grupo de Operações Especiais) e deixou 8 feridos. Foram apreendidos em posse dos rebelados, pela policia, celulares e várias armas fabricadas dentro das celas (Chuchus). 
Uma Penitenciaria já foi anunciada pelos integrantes dos Conselhos Nacionais do Ministério Público (CNMP) e de Justiça (CNJ) para ser construída  nos próximo seis meses na Cidade de Pinheiro e em outras 10 cidades. Na rebelião passada foi anunciado um presídio, mas ficou como é de costume só nas promessas Sarneysta.


Segundo informações da página do GOE, a rebelião foi organizada para ser uma cortina de fumaça aonde haveria a fuga de vários detentos e a morte de alguns desafetos. 

Fotos: Wellington Sergio 

27 de outubro de 2013

Detento é encontrado morto no Complexo de Pedrinhas

Do G1 MA

O detento Peterson Robson de Araújo foi encontrado morto em uma das celas da CCPJ do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, neste domingo (27). Segundo as primeiras informações, o preso foi encontrado enforcado.

Na sexta-feira (25), o corpo do detento Joílson de Araújo Ewerton Rocha, de 23 anos, foi encontrado em uma das celas do CDP, coberto por lençóis. A Secretaria de Justiça e Adminstração Penitenciária (Sejap) ainda não se pronunciou oficialmente sobre as mortes.

Homens se deslocam na carroceria de um caminhão, entre cadeiras Flagrante foi feito na BR-135, no município maranhense de São Mateus.

Transportar pessoas no compartimento de carga é infração gravíssima.

Do G1 MA

Quatro homens foram flagrados viajando sem proteção nenhuma na carroceria de uma caminhonete, entre cadeiras e bicicleta, na BR-135, no município maranhense de São Mateus, conforme o flagrante enviado ao G1. A rodovia onde ocorreu o flagrante é considerada a mais perigosa pela Polícia Rodoviária Federal, em razão do elevado índice de mortes.
Em São Luís, flagrantes como esse são constantes. No dia 1º de agosto, quatro homens foram fotografados sendo transportados na carroceria de um veículo que levava, ainda, material de construção. Sem nenhuma segurança, os homens se penduravam em meio ao material. O flagrante foi feito pelo G1 na Avenida Luís Rocha, bairro do Monte Castelo.
Segundo a polícia, transportar pessoas no compartimento de carga ou fora da cabine do veículo é infração gravíssima. O motorista é multado em quase R$ 200 e leva sete pontos na carteira de habilitação.

FESTA TRICOLOR: Mais de três mil torcedores fazem festa na recepção aos jogadores do Sampaio

O blog acompanhou a festa que os torcedores do Sampaio, no desembarque no Aeroporto de São Luís, no início da tarde deste domingo(27). O motivo da euforia tricolor foi pelo acesso à Série B, depois do empate em 1 a 1 com o Macaé, no Rio de Janeiro, no noite de sábado.

Depois do desembarque, os jogadores do Sampaio subiram em um carro do Corpo de Bombeiros, sendo acompanhado pelo torcedores. A carreata seguiu pela Avenida Guajajaras, no São Cristóvão, com destino à Avenida Jerônimo de Albuquerque, passando pela Cohab.

Em muitos carros, ouvia-se o hino tricolor e os torcedores gritavam "é Campeão, é campeão!", acreditando que o time tem condições de lutar pela conquista da Série B.

Por mais de uma hora, o trânsito ficou congestionado na rotatória do Tirirical e ao longo de toda a Avenida Guajajaras, no sentido Cohab. 

Matéria do Blog do Gilberto Lima 

Imagem do dia: a Dobradinha da baixada.

Luciano Genésio(SDD) e Penaldo Jorge(PTdoB) em reunião com lideranças das cidade de Pinheiro e Presidente Sarney.  

26 de outubro de 2013

MEC elimina 21 candidatos que postaram fotos em redes sociais

Estadão.com
Até às 15h deste sábado( 26) 21 candidatos foram eliminados do Enem por postarem fotos nas redes sociais em todo o Brasil, segundo levantamento do Ministério da Educação.
Reprodução/Instagram
Fotos dos cadernos de prova são publicados nas redes sociais
De acordo com a assessoria de imprensa do MEC, uma equipe especializada monitora as redes e verifica, com rigor, se as imagens são verdadeiras e se realmente foram postadas de dentro das salas. Se confirmada a fraude, o candidato é desclassificado.
Uma jovem postou uma foto do cartão-resposta do teste em sua conta na rede Instagram assim que os portões das instituições foram fechados. “Boa sorte pra mim e para quem vai fazer #enem#sorte”, escreveu a garota na legenda da imagem.
Em menos de uma hora, a foto recebeu mais de 3 mil opções ‘curtir’ e 20 comentários de jovens que criticaram a iniciativa. Segundo o edital do exame, a divulgação de imagens do gabarito durante a aplicação dos testes é proibida.
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, confirmou ontem que a pasta faria um monitoramento nas redes sociais para acompanhar o comportamento de estudantes que postarem fotos da própria prova durante a aplicação.
O ministro comparou o monitoramento nas redes sociais aos escândalos de espionagem do governo dos Estados Unidos, afirmando que o trabalho do MEC “não é tão eficiente” quanto o do governo Barack Obama, mas “é bom”.
A assessoria de imprensa do ministério afirmou ao Estado que os candidatos que postarem fotos da prova poderiam ser eliminados a qualquer momento, mesmo durante a prova, sem direito a pedir recurso. Ao entrar na sala, os candidatos deveriam guardar celulares e outros dispositivos em uma embalagem plástica e guardá-los embaixo da mesa.

Perfil falso. Ainda de acordo com a assessoria, a conta do Instagram intitulada “mecbrasil” é falsa. Uma foto divulgada nesse perfil continha o texto: “Estamos de olho em todas as redes sociais e qualquer participante da prova que estiver postando fotos do gabarito e quaisquer informações sobre a prova serão eliminados em tempo real no local de Avaliação”

“A emoção deste momento está na mensagem que cada um trouxe,” diz Flávio Dino a novos filiados.

A ideia que uniu todos os novos filiados ao PCdoB na noite da última sexta (25) foi a contribuição na construção de uma nova realidade para o Maranhão. Com a presença de Flávio Dino, deputados, vereadores, dirigentes partidários e de movimentos populares, dezenas de lideranças sociais e populares ingressaram no PCdoB com o intuito de somar esforços para superar os problemas sociais do Maranhão.

O momento de festa para a recepção de novos filiados foi também de reflexão para todos os representantes do PCdoB que estiveram presentes na sede estadual do partido para saudar os novos camaradas.

“Ouvimos aqui palavras que nos motivam a continuar construindo um caminho de mudança para o Maranhão. E a beleza deste momento está exatamente naquilo que não pode ser visto, na emoção de cada palavra que aqui foi dita, na mensagem que cada um de nossos novos filiados traz. Em tudo isso fica a certeza de que trabalhar a partir de valores como a Igualdade, a Democracia e o Desenvolvimento para todos é o caminho correto,” destacou Flávio Dino.

Com diálogo aberto, apresentando a todos os filiados a possibilidade de propor novos debates, acrescentar na vida partidária e apostando na contribuição que cada um dos novos filiados poderão trazer é que o PCdoB tem se firmado como um dos partidos que mais cresce no Maranhão.

Para o presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, as adesões ao PCdoB decorrem da abertura que o partido tem para o diálogo e do sentimento de esperança que há no projeto de transformação da realidade do Maranhão, através de propostas consistentes debatidas amplamente com toda a população do Maranhão através do movimento Diálogos pelo Maranhão.

“A tarefa de mudar o Maranhão não é construída por um partido sozinho, mas a força e a representação que cada um de vocês traz fortalecem todo o projeto. Fico feliz ao ver a imensa qualidade dos que chegam ao nosso partido e mais ainda em perceber que há em cada um o compromisso de trabalhar por um Maranhão melhor,” disse Jerry.

Para mudar o Maranhão

Um dos novos filiados ao PCdoB é Joãozinho Ribeiro. Fundados da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos e com intensa participação nos movimentos pela restauração da Democracia no Brasil, Joãozinho Ribeiro fez um discurso emocionado ao se filiar ao PCdoB na noite desta sexta.

“Há muito tempo não falo em público durante um evento político (...) Estou aqui porque escolhi um projeto para a minha vida, o projeto de trabalhar para mudar a vida das pessoas para melhor,” disse. 

Segundo Joãozinho Ribeiro, a concepção da palavra “mudança” está incomodando poderosos que quer a permanência do modelo político que privilegia poucos e relega muitos à extrema pobreza.

Já o professor e historiador Johnatan Almada, que também se filiou ao partido, citou Salvador Allende para traduzir o momento de emoção que vivia. “Em tom de esperança, Allende disse: Um homem novo vai se erguer e construir uma sociedade nova. E é isso que estamos fazendo, juntos com todo o povo do Maranhão,” completou. Johnatan fez parte do Conselho Editorial do livro “Governo Jackson – o Legado”, editado pelo Instituto Jackson Lago.

Para o advogado Duarte Jr, a escolha da filiação ao PCdoB representa uma escolha pela participação em um projeto pautado em verdadeiras políticas públicas para o Maranhão. “Muitos falaram que eu poderia sofrer sanções pessoais, mas isso é muito inferior ao sentimento que hoje toma conta do estado. Todos nós estamos empenhados em construir uma nova realidade para o Maranhão,” acrescentou.

Todos os novos filiados puderam participar do debate e falaram sobre as expectativas diante do novo partido. “Vamos escrever o nosso nome e o nome de cada um dos maranhenses que lutam por um estado mais justo na história,” completou Flávio Dino, no discurso de encerramento.

Postado por GILBERTO LIMA 

Sarneysistas manipulam e transformam o empenho do PT em apoio a Luís Fernando no MA

É impressionante a capacidade da mídia sarneysista em inverter a realidade e manipular os fatos de acordo com seus interesses. Na quinta-feira a cúpula do PT no Maranhão, o presidente estadual, Raimundo Monteiro, o municipal, Fernando Silva e o vice-governador Washington Luís, Macaxeira, foram à Brasília para uma reunião com o presidente nacional do partido, Rui Falcão, um dos ardentes defensores da aliança com Sarney no Maranhão.
Sem a autorização de Dilma e Lula para confirmar a reedição da parceria PT/PMDB no estado, Falcão foi protocolar e disse apenas que há um empenho da direção nacional em manter a aliança programática entre os dois partidos nas eleições para presidente e governadores de estado.
Foi o suficiente para o jornal da família Sarney e blogs coniventes estamparem que a direção nacional do PT reafirmou a aliança com o PMDB no Maranhão.
Transformaram o empenho da cúpula nacional em decisão e ponto final, diante da situação desesperadora da candidatura de Luís Fernando Silva.
O empenho da direção nacional em reeditar a aliança com o PMDB no Maranhão não significa um compromisso, o que era de se esperar já que no estado o PT não pretende lançar candidatura própria, como é o caso do Rio de Janeiro.
O mais interessante ainda é que diante de toda essa especulação sobre um possível apoio à Flávio Dino, nem o próprio Lula saiu em defesa da coligação com Sarney.
Um silêncio comprometedor!
De mais a mais, a aliança no Maranhão não é programática como se alardeia, mas midiática pelo tempo do PT na televisão.
Se fosse programática, Roseana não estaria forçando a barra para o vice-governador aceitar a vaga no TCE, para que ela possa renunciar e disputar o Senado sem deixar o governo para o PT.
Que aliança programática é essa que o vice não pode assumir o governo?
Será que ele não serve para governar o estado?
Não permitem sequer o benefício da dúvida!
Pensando bem, a mídia sarneysista está certa em comemorar o empenho garantido por Rui Falcão.
É a alegria de quem vive de esperança.

O que já foi Sarney….

Wellington Sérgio, por meio de seu programa, conseguiu achar uma criança que estava desaparecida.

Na apresentação do programa “Repórter Cidadão” de ontem(25)  o repórter do Povo, Wellington Sérgio, conseguiu por meio de uma ligação  achar uma criança de 9 anos que estava desaparecida. Logo que a criança foi encontrada, Sergio e sua equipe fizeram questão de levar o mesmo até sua residência.


Vejam a nota que Wellington colocou na sua página no Facebook.


 

CGU desmente mais um factoide contra Flávio Dino e desmoraliza o site Atual 7 para sempre

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação à matéria “Governo Federal confirma que Flávio Dino recebe salário da UFMA, mesmo sem trabalhar há dois anos”, publicada pelo site Atual 7 nesta sexta-feira (25/10/2013), a Controladoria-Geral da União (CGU) tem os seguintes esclarecimentos a fazer:

1. Em nenhum momento a CGU, órgão responsável pela administração do Portal da Transparência, usado como fonte de pesquisa na matéria, foi consultada sobre a questão. Portanto, a afirmação de que os “dados foram fornecidos pela Controladoria-Geral da União (CGU), em atendimento à determinação da presidente Dilma Rousseff” induz o leitor a erro, fazendo presumir que houve uma consulta específica quanto ao caso noticiado e determinação presidencial, o que é absolutamente inverídico.

2.  A matéria está repleta de entendimentos equivocados sobre os dados disponíveis no Portal da Transparência quanto à remuneração dos servidores federais. O Portal da Transparência, na sua configuração atual, mostra apenas o total recebido pelo servidor, não distinguindo se há parcelas diferentes, pagas por órgãos diversos. Por isso mesmo, existe a observação a que a matéria faz referência, indicando que, quando houver parcelas distintas, tudo estará incluído na soma e exibido nesse mesmo local, sem necessidade de outras buscas.


3.  No caso concreto desse servidor, os dados ali expostos correspondem ao valor integral do Cargo em Comissão DAS 101.6, de presidente da Embratur, uma vez que o servidor fez a opção, ao tomar posse nesse cargo, por nada receber do seu órgão de origem, a UFMA, conforme consta dos registros do Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape), mantido pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, cuja base de dados alimenta o Portal da Transparência.

25 de outubro de 2013

Oposição quer garantir transparência nas eleições de 2014

Por Gregory Pollon
Com o objetivo de evitar abuso de poder e desvios de condutas durante a eleição de 2014, os deputados de oposição, Rubens Jr. (PCdoB), Marcelo Tavares (PSB), Othelino Neto(PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB), apresentaram aditamento na representação entregue ao procurador geral eleitoral no mês de setembro.

O aditamento consiste no acréscimo de informações suplementares ao processo que tem por objetivo comprovar que o governo do estado tem usado a máquina pública, especificamente a secretaria de infraestrutura, para garantir o apoio político em todo o estado.

O líder da oposição na assembleia, Rubens Jr., reiterou durante sessão plenária desta quinta-feira (24) que o objetivo do aditamento é garantir o andamento do processo eleitoral. “Após a representação, o governo continuou com as mesmas práticas, os mesmos métodos, cometendo os mesmos abusos, mas a oposição vai continuar vigilante, denunciando todas as irregularidades que tentem contra a democracia.” Afirmou o deputado, garantindo que a oposição poderá entrar com novas representações, caso os abusos persistam.

24 de outubro de 2013

O QUE? Policia fecha matadouro público de jumentos que vendia a carne ao povo como se fosse gado

 O Núcleo de Inteligência do Sertão da polícia de Salgueiro, Pernambuco, desarticularam na última terça feira, naquela cidade, um abatedouro clandestino que abatia jumento e passava a carne como sendo de gado aos comerciantes do Mercado Público local.

Na ação foram presos os irmãos Maricélio de Carvalho Martins, 37 anos, solteiro, “comerciante de carnes” no Mercado Público de Salgueiro e Mauricio de Carvalho Martins 32 anos, solteiro, ambos moradores do local onde os animais estavam sendo sacrificados.
 Na localidade, que fica no Bairro da Primavera em Salgueiro, também foi preso Cícero Henrique dos Santos, 32 anos, que era o responsável pelo sacrifício dos animais.

 Os policiais que participaram da missão se surpreenderam com tamanha crueldade, ao visualizarem um dos animais (uma fêmea) já totalmente destroçada e restos de seu ventre com um feto bem desenvolvido, além de mais 05 (cinco) jumentos, entre fêmeas e machos que também seriam abatidos durante a madrugada.

Restos de outros animais também foram encontrados dentro do freezer e geladeira, no entanto, não se pode afirmar se realmente seriam da mesma espécie. Em conversa com os policiais, o acusado Maricélio declarou que aquilo era apenas uma brincadeira e que os animais eram capturados na rua. 


Os acusados foram conduzidos para Delegacia de Policia Civil da 193ª Circunscrição em Salgueiro, aonde foram apresentados com alguns materiais utilizados no abatedouro, autuados em flagrante pela barbárie cometida e recolhidos às celas do Presídio Regional do município (PSAL), ficando à disposição do Poder Judiciário.

Luís Fernando Silva e Roseana Sarney serão investigados pelo Ministério Público Eleitoral

Por Leandro Miranda
Quatro deputados da Assembleia Legislativa protocolaram, na tarde desta quarta (23), um pedido de investigação no Ministério Público do Estado para que as ações do Governo Itinerante sejam analisadas pelo Procurador Regional Eleitoral. A denúncia mostra que a governadora Roseana Sarney e o pré-candidato apoiado pelo grupo, Luís Fernando Silva, têm se utilizado da estrutura do estado para promover campanha eleitoral antecipada.

A grave denúncia foi levada ao público durante a sessão da Assembleia Legislativa do Maranhão, em que o líder da oposição ao governo do estado, Rubens Pereira Júnior (PCdoB) informou que a oposição pediu que o Ministério Público Eleitoral acompanhe as ações relatadas em textos e vídeos produzidos durante a realização do Governo Itinerante.


A representação apresentada à Justiça Eleitoral relata que há desvirtuamento da ação pública de entrega de obras, transformando o evento em verdadeiros palanques eleitoreiros. A denúncia usa como exemplo dois registros feitos ao longo de 2013, em que os relatos demonstram a utilização da estrutura do estado para fins eleitoreiros.

23 de outubro de 2013

Vistoria do CNMP constata que sistema penitenciário maranhense é o pior do país.

Em entrevista coletiva integrantes do Conselho Nacional do Ministério Publico relataram que a situação é tão grave que não pode ser resolvida com a decretação de estado de emergência.

Maranhão da Gente.
“É inconcebível as condições a que estão submetidos os presos do Maranhão. A vulnerabilidade do sistema penitenciário daqui é latente, notória e não vai ser solucionada com a decretação de estado de emergência, porque não há como avaliar um trabalho que não existe”. Esta afirmação, feita por Ivana Farina, integrante da comitiva do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), resume a impressão que os integrantes do conselho tiveram do sistema penitenciário maranhense.

Os integrantes da comitiva do CNMP e o representante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) avaliaram a situação do CDP, da Cadet, do Presídio São Luís I e II, do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e da CCPJ do Anil e constataram a existência de superlotação, insalubridade e graves problemas de gestão.

Fazem parte da comitiva o conselheiro Mário Bonsaglia, a procuradora de justiça e membro auxiliar do CNMP, Ivana Farina; a procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, o representante do CNJ, juiz auxiliar Douglas de Melo Martins, o promotor criminal de Execução Penal, Pedro Lino, e o procurador Alexandre Soares.

Após a vistoria foram detectadas celas insalubres, a escassez de funcionários capacitados para o exercício da profissão e superlotação nas unidades prisionais maranhenses.

“O mais grave é que em conversa com Augusto Rossini, diretor do Depen no Maranhão, descobrimos que uma verba equivalente a R$ 22 mi foi devolvida simplesmente porque o executivo não cumpriu os requisitos técnicos junto a Caixa Econômica Federal. Então, o problema não é falta de recursos é falta de vontade em aplicá-los”, denunciou o conselheiro Mário Bonsaglia.

Ivana Farina foi além na avaliação e afirmou que o CNMP e CNJ trabalham com áreas específicas no tratamento do sistema prisional e que em comparação com o sistema prisional do restante do país o que se verifica no Maranhão é um verdadeiro colapso.  O juiz auxiliar do CNJ, Douglas de Melo Martins, também avaliou o cenário, pontuando que a situação do Maranhão é ainda mais grave que a do restante do país.
Moinho de homens

“A situação do sistema carcerário do Brasil exige atenção. Mas aqui no Maranhão o cenário é especialmente grave. Este é o estado em morrem mais presos em números proporcionais e absolutos. Sem falar das recorrentes tentativas de fugas que diz de uma fragilidade de todo o sistema”, pontuou o juiz Douglas Martins.


Completando a afirmação do representante do CNJ, Mário Bonsaglia afirmou que o sistema prisional do estado é comandado por facções criminosas. “O caso maranhense é tão grave que se chegou ao ponto de ver a determinação legal modificada para que presos de uma mesma facção criminosa fiquem numa mesma ala. E esse descontrole do sistema prisional já ultrapassou o limiar dos muros dos presídios. As facções criminosas já demonstraram que têm forte atuação fora da penitenciária”, finalizou o conselheiro.