29 de fevereiro de 2016

Em Turiaçu: Alunos dividem escola feita de tábuas com animais e bebem água de poço



Não é novidade que há má gestão na maioria dos municípios maranhenses, principalmente, em setores fundamentais como Saúde, Educação e Infraestrutura. Boa parte dos gestores públicos do nosso estado, SEM GENERALIZAR,  é responsável por números que nos colocam entre os  estados mais corruptos da federação, se não o mais corrupto!
Em Turiaçu, interior do Maranhão, município que já foi tema de postagem do Blog do Udes Filho, por conta do descaso e caos com a saúde pública, onde pacientes são transportados em rede de dormir até o hospital (relembre), podemos constatar o retrato do uso errado dos recursos públicos, que nos remete claramente a indícios de corrupção.
Neste post, o Blog do Udes Filho aborda, de maneira superficial, a situação do sistema público de ensino daquele município. É, simplesmente, revoltante!
A cidade que ganhou fama por produzir o abacaxi mais doce do país, tem  145 anos de existência, mas, até hoje, não possui água encanada.  Além dos problemas nos setores de infraestrutura e saúde pública, Turiaçu vive sérias dificuldades na educação pública.
As escolas são verdadeiros barracões, construídos com tábuas, desconfortáveis e calorentos, cobertos por telhas brasilit. De acordo com denúncia em caminhada ao editor deste blog, a água servida aos alunos e professores das escolas localizadas nos povoados é retirada de poços e consumida sem qualquer tipo de tratamento. Ainda de acordo com as denúncias, a merenda escolar é servida apenas durante apenas uma semana por mês.
Há, também, uma escola construída com pedaços de maneira e coberta com palha, meia parede, servindo, também de estábulo para jumentos. As “escolas”  relatadas neste post, estão localizadas nos povoados Capitão e Barraca.
O Blog do Udes Filho e os moradores de Turiaçu esperam que o Ministério Público investigue o caso e tome previdências urgentes para fiscalizar e punir o prefeito Umbelino Ribeiro.
Desde a semana passada, este blog tem tentado ouvir alguém da Prefeitura de Turiaçu, mas, até o momento, não logrou êxito.

Do Blog do Marcelo 

28 de fevereiro de 2016

Maranhão paga um dos maiores salários para professores estaduais do país

Com remuneração inicial de R$ 4.985,44 (vencimento e mais 104% de Gratificação de Atividade do Magistério) para os novos profissionais e que assumirão jornada de 40 horas semanais, o Maranhão assume o posto de estado brasileiro que paga uma das melhores remunerações para professores efetivos da rede estadual de ensino. São, em média, R$ 124,60 pagos por cada hora em que os professores contratados em regime de 40h passam dentro de sala de aula ou em planejamento de suas atividades em uma das 1.300 escolas públicas estaduais.

Os valores são referentes a levantamento realizado junto a governos de 26 estados e o Distrito Federal e praticados até dezembro de 2015. Ainda de acordo com os dados, Mato Grosso do Sul, por exemplo, paga aos professores R$ 2.937,00 por 30 horas, o que equivale a R$ 98,00 hora/aula, seguido pelo Distrito Federal, onde os profissionais recebem R$3.858,87 para jornadas de 40h, o que representa R$ 96,00 por cada hora trabalhada. Pernambuco e Alagoas aparecem na lanterna com salários de R$ 48,00 hora/aula.

Com os atuais valores, o Maranhão tem salários que atendem a um conjunto de medidas adotadas pelo governo estadual em diálogo com as entidades representantes da classe.

No primeiro mês de gestão, o governador Flávio Dino assinou decretos que garantiram: a aplicação do percentual de 13,01% de reajuste salarial do piso nacional a todas as referências funcionais do magistério, o que beneficiou quase trinta mil professores; a efetivação da progressão funcional de 12 mil professores; o reajuste de 15% no salário dos professores contratados; a prorrogação dos contratos de 4.990 professores temporários e seletivo para contratação de 2,5 mil novos docentes.

No mês de novembro do ano passado o lançamento de edital para contratação de 1.500 professores estabeleceu o salário-base mensal de R$ 4.985,44, que corresponde ao vencimento mais 104% de Gratificação de Atividade do Magistério para trabalho de 40 horas semanais, uma valorização que é também uma vitória para os professores, como destaca o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), o professor Júlio Pinheiro.

“O concurso é uma vitória do Sindicato. Temos colocado como central a necessidade de diminuição da carência dos profissionais da educação na rede. Por outro lado conseguimos manter a proporcionalidade salarial do professor pra jornada de 40h. Outra vitória! Enquanto os outros estados praticam salário de média de R$ 2 mil pra 40h avançamos pra R$ 5 mil como vencimento inicial de carreira professor classe 3, nível superior,” enfatizou o presidente.

O certame foi homologado no último dia 22 e já no mês de março possibilitará o ingresso de 1.270 docentes nas variadas disciplinas da educação básica e 230 profissionais da educação especial que ocuparão novas vagas que, até então, não eram oferecidas para cargo efetivo da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), como atendimento educacional especializado nas escolas.


Do Gilberto Lima

Jogador veterano tem parada cardíaca e morre em campo na Cidade Operária, em São Luís

Um atleta de futebol veterano morreu de infarto quando disputava uma partida do ‘Campeonato Cinquentão’, na manhã deste domingo (28), no Estádio Roseana Sarney, no conjunto Cidade Operária, em São Luís.

A vítima foi identificada como Adalberto que jogava no Vila Real. Ainda em campo, em meio ao desespero de amigos que disputavam a partida, uma equipe do SAMU fez todo o esforço possível para reanimá-lo.

No vídeo, observa-se outro jogador chorando bastante ao lado de Adalberto, enquanto a equipe de socorro tenta reanimá-lo fazendo massagens cardíacas. O desespero toma conta de todos.

Segundo informações passadas ao blog, as tentativas foram em vão e Adalberto acabou morrendo.
Veja o momento em que a equipe do SAMU tenta salvar a vida de Adalberto.

Do Gilberto Lima



27 de fevereiro de 2016

"Vocês falam sem provas" é a resposta de Luciano Genésio ao grupo midiático do prefeito Filuca Mendes.


Na tarde de hoje ( 27) o pré candidato a prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, resolveu responder a onda caluniosa de denúncias feitas pelo grupo midiático do prefeito Filuca Mendes (PMDB).

"Vocês não podem falar de família de ninguém, primeiro vocês tem que  olhar pra dentro de casa" foi o que Luciano disse sobre os ataques que sua família sofreu , durante as últimas semanas, pelos capachos do prefeito de Pinheiro.   

Trabalho, foi o meio que o Genésio achou para dar resposta a tais denuncias. A sua busca incansável por recursos na esfera federal para a cidade de Pinheiro é o motivo pelo qual ele vem sendo atacado.

Questionado sobre o que fará se vencer o pleito de outubro, o líder da oposição só teve uma resposta : "Eu tenho a obrigação de fazer a melhor gestão que Pinheiro já teve".

O clima político na cidade fica a cada dia mais acirrado...




24 de fevereiro de 2016

Falso médico é preso com arma e carro roubado no Maranhão

A policia civil por intermédio do SENARC efetuou a prisão em flagrante de um homem identificado como Gerson Gomes de Melo. Com o acusado, foi apreendido um Honda Civic com placas clonada que de acordo com a polícia seja produto de roubo, além de um carimbo de autenticação médica, duas identidades falsas e uma pistola ponto quarenta.

O acusado utilizava o nome de Valdeci Carvalho Lima, para exercer ilegalmente a profissão de médico. Gerson Gomes já foi presos nas cidades de Mirador, Anajatuba, Paraíba, Manaus e Boa Vista exercendo ilegalmente a medicina.
A ficha do indivíduo aponta ainda que ele trabalhou como médico nos últimos anos em várias prefeituras do estado do Maranhão.
Do Luís Cardoso 



17 de fevereiro de 2016

Filuca cobra do estado melhorias de MA, porém acaba se esquecendo das ruas de Pinheiro.

Outdoor 











Neste outdoor está mais uma tentativa birrenta do prefeito de Pinheiro, Filadelfio Mendes ( PMDB) de chamar a atenção do governo do Estado do Maranhão. O capitão-mor da prefeitura encontra-se até hoje inconformado por não conseguir ter acesso ao Governador Flávio Dino (PCdoB), que quer distância de qualquer resquício da famigerada família Sarney. A qual os Mendes pertencem, pois Filuca é afilhado do notório José Sarney.

Sem o apoio do Governo, com a imagem desgastada  e preste a enfrentar uma eleição, Filuca tenta de qualquer forma tirar a culpa dos seus ombros, e da sua alcateia, para colocar em Flávio Dino, justificando a sua péssima administração.

Enquanto ele se preocupa com as MAs, esquece da nossa cidade que está abandonada a 3 anos.
 



16 de fevereiro de 2016

TERROR EM COLINAS: Bandidos explodem Banco do Brasil e fogem deixando uma mulher morta


A agencia do Banco do Brasil de Colinas/MA foi assaltada, nesta noite de segunda-feira (15) os bandidos explodiram os caixas  eletrônicos da agencia, pondo a população em pânico devido os grandes estouros de dinamite e, tiroteio nas ruas.
                                                       
A ação ocorreu por voltadas 21:30 horas, onde mais de 20 homens fortemente armados, chegaram em varias caminhonetes e explodiram os caixas. Durante o assalto que durou cerca de 30 minutos, uma jovem conhecida como Shirlene foi morta pelos bandidos, ela trabalhava no Hospital Municipal de Colinas.

Até o momento não se tem informações de outras vitimas nem para onde os bandidos seguiram. É uma vergonha para o Maranhão, as quadrilhas pintar e bordar podemos dizer que quase todas as noites em assaltos a banco, o pequeno efetivo de policiais em várias cidade do estado, facilita a ação dos bandidos, que se preparam com arma de guerra e esnoba da cara do governador.

A população se pergunta, até quando eles irão dominar, em algumas ações a policia já exterminou alguns bandidos assaltantes, os homens da força policial demonstram vontade de trabalhar, quando se tem aramas e equipamentos, a policia faz seu trabalho, agora quando o governo não equipa nossos policiais, o resultado será este rotineiramente sempre.


15 de fevereiro de 2016

Suspeitos de matar empresário são resgatados de delegacia


Um carro com três pessoas invadiu a Delegacia de Polícia do município de Buriti, na madrugada de ontem (14), por volta das 1h40, e sequestraram os dois suspeitos de envolvimentos na morte do empresário Kalleu Torres, de 26 anos, ocorrida no último dia 9 de fevereiro.
De acordo com informações da polícia, um homem e uma mulher simularam um registro de boletim de ocorrência sobre uma moto roubada com o objetivo de entrar na delegacia. Porém, seguindo procedimento padrão, o carcereiro informara que eles teriam de procurar a Polícia Militar para relatar o caso. Os dois, então, disseram não ter visto nenhuma viatura no DPM, e se retiraram da delegacia.
Cerca de 20 minutos depois, o homem e a mulher chegam com um rapaz simulando estar com as mãos amarradas, dizendo que haviam pegado o assaltante. Eles insistiam para entrar na delegacia para que o suposto ladrão fosse colocado numa cela.
Diante da insistência, o carcereiro abriu o portão de entrada da delegacia e as duas supostas vítimas pediram para que ele ligasse para PM, quando, neste momento, eles sacaram suas armas e apontaram para o carcereiro que foi torturado para revelar os nomes dos envolvidos na morte do empresário e entregar as chaves da cela.
Eles forçaram o carcereiro a abrir a cela onde estavam Sabino Neto Cardoso dos Santos e Leonardo Vieira Silva, o “Cafuringa”, ambos presos sob acusação de participação no assassinato de Kalleu Torres; tiraram os dois suspeitos, usaram algemas nos pés e nas mãos, colocaram no carro e saíram.
Tanto Sabino quanto Cafuringa, moradores do bairro Bacuri, já têm passagem por tráfico de drogas, sendo que o primeiro também por porte ilegal de arma. Ambos foram presos logo após a morte do empresário Kalleu Torres, a partir de informações colhidas pela polícia instantes após o ocorrido.
Outros dois acusados também estão sendo procurados pela polícia, porém ainda não tiveram seus nomes divulgados. Populares relatavam desde o crime que homens desconhecidos, em carros, eram vistos fazendo rondas nas mediações do bairro Bacuri, onde residiria a maioria dos suspeitos de envolvimento na morte de Kalleu.
 Do JP

14 de fevereiro de 2016

Longe dos cofres públicos, jornal dos Sarney corta edição de domingo

O deficitário jornal O Estado do Maranhão não resistiu ao primeiro ano sem ser sustentado pelo dinheiro do contribuinte. Depois de demitir jornalistas e cortar suplementos, o folheto político do clã Sarney anunciou hoje (14) o fim de sua edição impressa de domingo.

Ao longo dos quatro últimos anos em que Roseana Sarney foi governadora do Estado, o cofre do jornal da família dela – do qual ela também tem cotas em ações – recebeu nada menos que R$ 10 milhões em publicidade oficial (editais, comunicados), cerca de 25% do seu faturamento.

 Se somadas as campanhas institucionais do governo, o montante chega a R$ 40 milhões. Longe das tetas dos Leões, o desacreditado pasquim da oligarquia desce ladeira abaixo rumo à falência.

Do Marrapá     

13 de fevereiro de 2016

PM apreende 120 kg de maconha prensada em Monção


Do Luis Cardoso
A policia militar apreendeu na noite de ontem, 12, por volta das 20h3o, nas margens da BR-342 nas proximidades do povoado Morros na cidade de Monção um homem em um veículo em atitude suspeita.
Ao ser realizado a abordagem, foi constatado que o condutor do veículo Evanilson  Carvalho morador da cidade de Igarapé do Meio transportava aproximadamente 120 kg de maconha prensada.
A guarnição deu  voz de prisão em flagrante ao suspeito e o apresentou na delegacia regional de Santa Inês.

12 de fevereiro de 2016

Estelionatário da golpe em 100 pessoas na cidade de Pinheiro

Segundo os dicionários on-line, estelionatário é : "aquele que usando de má fé, burla a confiança, com finalidade de usufruir por meios fraudulentos valor financeiro, em prejuízo material e danos morais de outrem".



Pelo menos 100 pessoas da cidade de Pinheiro, foram vítimas de um golpe, após pagarem cerca de R$ 1 mil com "despesas de passagem" onde os mesmo iriam viajar de São Luis e seriam empregados em supostas vagas no estado de São Paulo, na ultima quarta-feira(10).

A fraude ocorreu da seguinte maneira, um agenciador entrou em contato com um morador do povoado Cuba oferecendo uma proposta de trabalho.  Até ai tudo bem, o golpe começou mesmo quando o suposto negociador pediu para o residente recrutar mais pessoas do local, e assim ele fez.   

O sr. recebia o dinheiro de quem aceitava a proposta e depositava na conta do intermediário e este mandava as passagens para o morador distribuir. Estimasse que foram mais de R$ 100 mil usurpado pelo farsante.

Suposta passagem
A falta de oportunidades e empregos na cidade de Pinheiro levam todos esses filhos da terra a procurarem vagas em outros estados e consequentemente acabam caindo nesses golpes.

As pessoas que aceitaram as "vagas" pagaram por passagens de avião falsas e acabaram indo para São Luis para fazer o embarque, mas só quando chegaram lá descobriram que foi uma falcatrua. Nas passagens estavam o nome de um Engenheiro e da suposta empresa que estava contratando.


A polícia e o ministério público de Pinheiro já foram acionados e este embrolho todo está sendo investigando.




  



11 de fevereiro de 2016

Família de gerente dos Correios deixa de ser refém, mas bandidos levaram dinheiro


Blog do Luis Cardoso
Ontem à noite, a residência do gerente dos Correios de Açailândia foi invadida por bandidos. Eles fizeram a família como refém por toda a madrugada.
Hoje, cedo da manhã, o gerente foi obrigado a levar uma parte dos bandidos até a agência e lá teve que entregar todo o dinheiro que havia no local: R$ 40 mil. Eles fugiram tomando rumo ignorado.
A movimentação foi intensa na porta dos Correios. Todos o que entravam ou saíam era revistados por policiais militares.


10 de fevereiro de 2016

Suspeito Morre Após Troca de Tiros com Policiais Militares em Açailândia.

O Incidente aconteceu no bairro do Jacu, após patrulhamento da policia militar, onde na ocasião um homem (GENILSON DE SOUSA SILVA, 22 ANOS) foi alvejado com pelo menos 07 sete tiros.

Um Homem morreu baleado depois de trocar tiros com policiais militares, na madrugada desta quarta-feira (10/02), em Açailândia, em um setor do Bairro do Jacu.
De acordo com fontes não oficiais, os militares faziam uma ronda no bairro do Jacu quando encontraram um individuo em atitude suspeita.

Segundo as primeiras informações o suspeito teria desobedecido à ordem de parada e saiu em fuga desgovernada. Durante a perseguição, o homem teria começado a atirar contra os militares, que revidaram e balearam o homem que morreu no local.

O corpo encontra-se no IML de Imperatriz

Do Folha de Cuxá


5 de fevereiro de 2016

“Lista de Transparência” do trabalho escravo tem 21 empregadores maranhenses; 152 trabalhadores estiveram em condições análogas à escravidão no Maranhão


Do Repórter Brasil (com redação)

Com base na Lei de Acesso à Informação, “Lista de Transparência” traz dados do Ministério do Trabalho e Previdência Social com autuados em decorrência de caracterização de trabalho análogo ao de escravo e que tiveram decisão administrativa final entre 12/2013 e 12/2015.

Uma liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal impedindo o governo federal de divulgar a “lista suja” do trabalho escravo, no final do ano passado, continua em vigor.

Por conta disso, a Repórter Brasil e o Instituto do Pacto Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo (InPACTO) solicitaram com base na Lei de Acesso à Informação (12.527/2012), que o Ministério do Trabalho e Previdência Social (responsável pela lista desde 2003) fornecesse os dados dos empregadores autuados em decorrência de caracterização de trabalho análogo ao de escravo e que tiveram decisão administrativa final, entre dezembro de 2013 e dezembro de 2015.

A primeira solicitação dessa listagem com base na Lei de Acesso à Informação foi divulgada em março do ano passado, trouxe os casos entre dezembro de 2012 e dezembro de 2014. A segunda, divulgada em setembro, envolveu o período de maio de 2013 a maio de 2015.

O objetivo das organizações ao veicular essa “Lista de Transparência sobre Trabalho Escravo Contemporâneo no Brasil” é garantir o direito da sociedade e do setor empresarial à transparência sobre o tema, fornecendo informações sobre os flagrantes confirmados por trabalho análogo ao de escravo, realizados pelo governo.

Suspensão pelo STF

Em meio ao plantão do recesso de final de ano, o Supremo Tribunal Federal garantiu uma liminar à Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) suspendendo a “lista suja” do trabalho escravo (cadastro de empregadores flagrados com esse tipo de mão de obra). A entidade questionou a constitucionalidade do cadastro, afirmando, entre outros argumentos, que ele deveria ser organizado por uma lei específica e não uma portaria interministerial, como é hoje.

Os nomes permaneciam na “lista suja” por, pelo menos, dois anos, período durante o qual o empregador deveria fazer as correções necessárias para que o problema não voltasse a acontecer e quitasse as pendências com o poder público. O cadastro, criado em 2003, é um dos principais instrumentos no combate a esse crime e tido como referência pelas Nações Unidas. Até agora, o governo federal não conseguiu caçar a liminar que levou à suspensão da “lista suja”. O Supremo Tribunal Federal não possui prazo para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o instrumento.

Lei de Acesso à Informação

Considerando que a “lista suja” nada mais é do que uma relação dos casos em que o poder público caracterizou trabalho análogo ao de escravo e nos quais os empregadores tiveram direito à defesa administrativa em primeira e segunda instâncias; e que a sociedade tem o direito de conhecer os atos do poder público, a Repórter Brasil e o InPACTO, solicitaram, com base nos artigos 10, 11 e 12 da Lei de Acesso à Informação (12.527/2012) – que obriga quaisquer órgãos do governo a fornecer informações públicas – e no artigo 5º da Constituição Federal de 1988 o seguinte: “A relação com os empregadores que foram autuados em decorrência de caracterização de trabalho análogo ao de escravo e que tiveram decisão administrativa transitada em julgado, entre dezembro de 2013 e dezembro de 2015, confirmando a autuação, constando: nome do empregador (pessoa física ou jurídica), nome do estabelecimento onde foi realizada a autuação, endereço do estabelecimento onde foi caracterizada a situação, CPF ou CNPJ do empregador envolvido, número de trabalhadores envolvidos e data da fiscalização em que ocorreu a autuação.”

Direito à informação

A sociedade brasileira depende de informações oficiais e seguras sobre as atividades do Ministério do Trabalho e Previdência Social na fiscalização e combate ao trabalho escravo contemporâneo no Brasil.

Informação livre é fundamental para que as empresas e outras instituições desenvolvam suas políticas de gerenciamento de riscos e de responsabilidade social corporativa. A portaria que regulamentava a suspensa “lista suja” não obrigava o setor empresarial a tomar qualquer ação, apenas garantia transparência. Muito menos a relação aqui anexa. São apenas fontes de informação a respeito de fiscalizações do poder público.

Transparência é fundamental para que o mercado funcione a contento. Se uma empresa não informa seus passivos trabalhistas, sociais e ambientais, sonega informação relevante que pode ser ponderada por um investidor, um financiador ou um parceiro comercial na hora de fazer negócios.

As informações que constam na “Lista de Transparência sobre Trabalho Escravo Contemporâneo no Brasil” são oficiais uma vez que fornecidas pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social através de solicitação formal e transparente, que obedece a todos os trâmites legais previstos na Lei de Acesso à Informação. Solicitação que pode ser repetida por qualquer cidadão, organização social ou empresa.

A lista tem sido, enquanto a “lista suja” segue suspensa, o principal instrumento das empresas associadas do InPACTO para o controle e monitoramento de sua cadeia produtiva com relação ao trabalho escravo.

Trabalho escravo no Maranhão

O Maranhão aparece na “Lista da Transparência” com 21 empregadores que mantinham 152 trabalhadores em suas propriedades e empresas em situações análogas à escravidão.

Confira a lista de empresários maranhenses que tiveram decisão administrativa dos autos de infração transitada em julgado, entre dezembro de 2013 e dezembro de 2015, confirmando a autuação:

·         Alexandre Vieira Lins – Fazenda Sara – BR-135/Miranda do Norte
·         Alonso Pereira Silva – Fazenda Baixa Verde – Açailândia
·         Antônio Calixto dos Santos – Fazenda Grapia – São Pedro Água Branca
·         Antônio Carlos Bacelar Nunes – Fazenda Terra Nova – Codó
·         Carmel Cosntruções – Av. Cafeteira Raposa
·         Celeste Rodovalho – Fazenda Sombra – Açailância/Ma
·         Domingos Moura Macedo – Fazenda São Francisco – Fazenda São Francisco/Bacabal
·         Euclides Mariano da Silva – Fazenda Alto Bonito/São Francisco do Brejão
·         Francisco Afonso de Sousa – Fazenda Uberlância – Santa Luzia
·         Francisco Andrade da Silva – Fazenda Cocal II – Turiaçu
·         Gilson Freire de Santana – Fazenda Santa Maria – Açailândia
·         João Antônio Vilas Boas – Sítio – Bom Jesus das Selvas
·         Joaquim Luiz Ferreira – Fazenda Sossego – Bom Jardim
·         Joel Amélia de França – Madeireira do Joãozão – Maranhãozinho
·         José Wilson de Macedo – Fazenda Santa Luz – Peritoró
·         Marcelo Testa Baldochi – Fazenda Vale do Ipanema – Bom Jardim
·         Miguel Almeida Murta – Fazenda Boa Esperança – Açailândia
·         Miguel de Souza Rezende – Fazenda Zonga – Bom Jardim
·         Raimundo Nonato Alves Pereira – Fazenda Santa Cruz – Santo Antônio dos Lopes
·         Sebastião Lourenço Rodrigues – Fazenda Tamatal – Santa Luzia

·         Nilo Miranda Bezerra – Fazenda Palmeirinha – Carolina.


Força-tarefa para o período de carnaval nos terminais de ferryboat


Uma força-tarefa para o período do carnaval foi preparada pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), em conjunto com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Agência Estadual de Transporte Aquaviário e Mobilidade Urbana (MOB), Detran, Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Rodoviária Federal, além das operadoras de ferryboat que atuam nos terminais da Ponta da Espera e do Cujupe.
O plano de ação será iniciado nesta sexta-feira (5) e inclui combate à superlotação de veículos (ônibus e vans), reforço policial (com viaturas, motos e apoio de cães farejadores) e orientação de tráfego, blitz de educação no trânsito, redirecionamento de fluxo dentro dos terminais, entre outras ações
Também, serão instalados banheiros químicos, sinalização e uma ambulância do Corpo de Bombeiros estará em plantão de sexta a domingo, com três oficiais, no Terminal da Ponta da Espera. Equipes da Emap e da MOB estarão em plantão durante todo o carnaval para prestar informações e orientar sobre o fluxo para embarque e desembarque.
O objetivo é proporcionar segurança e tranquilidade para as pessoas que atravessam a Baía de São Marcos em direção aos municípios da Baixada Maranhense neste carnaval. “Nós preparamos um plano conjunto, incluindo um reordenamento de fluxo dentro dos terminais, para melhorar o atendimento a todos os usuários”, afirmou o gerente de Terminais Externos da Emap, Glauco Vaz.
Em 2015, dos cerca de 1,7 milhão de usuários que passaram pelos terminais durante todo o ano, 96 mil foram somente no carnaval – entre 12 e 22 de fevereiro. Nesse mesmo período foi registrada a travessia de 12,4 mil veículos.
Renovação
Este ano foram iniciadas obras de requalificação do Terminal da Ponta da Espera. O serviço, orçado em R$ 1,9 milhão, deve ser concluído até o final deste primeiro semestre. O projeto inclui salão de espera com área de vivência equipado com lanchonete, banheiros e fraldário, acesso seguro para pessoas com mobilidade reduzida e wi-fi, no pátio superior.
Também serão construídos vestiários para funcionários – melhorando as condições de trabalho – além de melhorias nas instalações de segurança, com pórtico e box para a Polícia Militar, câmeras e sistema de combate a incêndio.
Orientação para embarque
Informe-se sobre os horários das viagens no site da Emap (www.emap.ma.gov.br).
Compre os bilhetes com antecedência
Ao optar pelos serviços dos ônibus é importante chegar aos terminais com no mínimo uma hora de antecedência. A dica vale também para quem viaja com veículos. Chegar cedo ajuda na organização do embarque e evita atrasos.
Atenção para a lotação de ônibus e vans. Só será permitido o acesso de veículos com número de passageiros compatível com a sua capacidade.
Dentro do terminal, siga as orientações de fluxo e posicionamento.

Do John Cutrin

4 de fevereiro de 2016

Dois bandidos morrem em confronto com a polícia em Maracaçumé

Do JP
Uma operação das Polícias Civil e Militar em parceria com a Superintendência de Estadual de Investigações Criminais (Seic), realizada na tarde desta quarta-feira (03), impediu dois homens de assaltar o Banco Postal dos Correios da cidade de Maracaçumé, a 458 km de São Luís. Durante a intervenção, os dois homens entraram em confronto com os militares e terminaram mortos a tiros.
De acordo com o superintendente da Seic, o delegado Tiago Bardal, o departamento de roubo a bancos da superintendência recebeu uma denúncia de uma dupla que realizava assaltos na região de Zé Doca, a 302 km de São Luís. Equipes foram destacadas até a região e passaram a monitorar a dupla durante todo o dia.
“Os policiais ficaram monitorando a dupla durante todo o dia. Por volta das 15h, os dois homens foram vistos em uma moto tentando assaltar o Banco Postal de Maracaçumé, quando a polícia se aproximou e deu voz de prisão. Daí começou a troca de tiros intensa, que culminou na morte dos dois suspeitos”.
Com os homens foram apreendidos uma moto, um revólver calibre 38 e uma pistola .40. O delegado Bardal afirmou que o caso permanece em investigação, pois a moto usada na tentativa de assalto está sem placa e muito provavelmente é fruto de um roubo. As armas ainda apresentam a numeração e a procedência será rastreada.
“Os homens não tinham nenhum documento, o que impossibilitou a identificação deles. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Governador Nunes Freire e até o momento, não foram identificados”, finalizou Bardal.
Prisão de suspeitos
No dia 22 de janeiro, seis homens identificados como Francisco de Jesus Silva, 24 anos, Marcos de Jesus Silva, 20, Hilton Carlos Rodrigues da Silva, 21, Felipe Santos Silva, 25, Antônio de Macedo Brandão Filho, 30, e Antônio Henrique Marque Sousa, 19, foram presos em flagrante, nos municípios de Lago da Pedra, a 312 km de São Luís, e Bacabal, a 240 km da capital. Eles são suspeitos de participar de assaltos a agências bancárias no Maranhão.


3 de fevereiro de 2016

Vereador de Santa Inês é vítima de assalto e sequestro


O presidente da câmara de vereadores de Santa Inês, Orlando Mendes, foi vítima de um assalto na noite de terça-feira (2) em Pindaré Mirim. Ele estava indo para casa quando foi abordado por dois homens em um posto de combustível.
Segundo familiares, o vereador tinha acabado de abastecer o seu carro em um posto de combustível quando um homem pediu carona.
Como era uma pessoa conhecida, o parlamentar permitiu que o suspeito entrasse no carro. Ao abrir a porta do seu veículo foi surpreendido por mais um homem.
Os criminosos renderam e levaram o vereador para uma estrada vicinal que dá acesso a um balneário na zona rural de Pindaré. No trajeto, Orlando conseguiu pular do carro em movimento e os suspeitos fugiram levando o veículo.
O parlamentar chegou a ficar cerca de uma hora em poder dos assaltantes e durante todo esse tempo recebeu ameaças de morte e foi vítima de várias agressões físicas. Orlando Mendes teve cortes na mão e na perna e algumas escoriações pelo corpo. Ele foi encaminhado para o Hospital Tomaz Martins e depois liberado para voltar para casa.(G1/MA)


2 de fevereiro de 2016

Funcionária do Bradesco e servidor da Assembleia Legislativa do Piauí envolvidos em assalto ao banco em Icatu


A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de investigações Criminais (SEIC), em conjunto como a DIAE/PM, prendeu mais dois envolvidos no assalto à agência do Bradesco, na cidade de Icatu, no dia 12 de janeiro.

Os presos foram identificados como Milena Fernanda Verde Silva Costa, de 25 anos, funcionária do próprio Bradesco; e João Batista de Araújo, de 30 anos, servidor da Assembleia Legislativa do Piauí. A dupla foi presa em cumprimento a mandados de prisão.

Dois assaltantes mortos

Em confronto com policiais, dois dos integrantes dessa quadrilha terminaram morrendo. A troca de tiros aconteceu em um matagal no povoado Ponte, na cidade de Morros, no dia 16 de janeiro. Eles foram identificados como Naldo Medrado dos Santos, 42 anos, era natural de Bacabal e possuía passagens na polícia por explosão a caixa eletrônico na cidade de Afonso Cunha e no estado de São Paulo.

Outros assaltantes presos

Três suspeitos de participação em um assalto ao banco Bradesco na cidade de Icatu-MA, foram apresentados à imprensa no dia 17 de janeiro. Eles foram identificados como Luís Alberto Freitas, 29 anos, José Maria Marques Cantanhede, 55 anos, e Wellyson de Sousa Santos , 25 anos. Com a quadrilha foram apreendidos uma escopeta, uma pistola e uma metralhadora de procedência da aeronáutica e da polícia militar do Piauí, que possivelmente foram usadas durante o assalto. Segundo as investigações, esses homens são moradores da cidade e davam apoio logístico à quadrilha.

Os suspeitos foram presos durante uma operação integrada de forças policiais que visa o combate a crimes contra instituições financeiras no interior do Estado. A ação foi realizada da manhã de sábado (16), na região do Munim, e envolveu a recém criada Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural (COSAR), Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Batalhão de Choque, Ronda Ostensiva Tático Móvel  (ROTAM) e a 7ª Companhia Independente de Polícia Militar, com aporte do Centro Tático Aéreo. Durante a operação, outros dois suspeitos morreram em confronto com a polícia.

  
Do Gilberto Lima